sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Estou Relendo

O livro narra a história de John Daily, um executivo bem sucedido, técnico voluntário de um time de beisebol, casado e pai de dois filhos. Desde o início de sua vida John se via perseguido por um nome: “Simeão”. De todos os fatos e coincidências, ele não compreendia porque, sempre ao longe dos anos, tinha o mesmo sonho que lhe transmitia a mesma mensagem: “Ache Simeão e ouça-o!”.

Após um movimento sindical em sua fábrica, as constantes reclamações de sua esposa e a insubordinação de seus filhos, John começa a ver que nem tudo estava como planejara. Diante disso sua esposa sugere que ele vá se aconselhar com o pastor de sua igreja, que o indica a participar de um retiro num pequeno e relativamente desconhecido mosteiro cristão chamado João da Cruz, localizado perto do lago Michigan.

Uma das coisas que despertou seu interesse foi o fato do lendário Len Hoffman, um ex-executivo, ser um dos frades do local. Apesar de sua resistência, o receio de perder sua família, decidiu ir. Ao chegar foi recepcionado por padre Peter, e ao indagar sobre a programação descobriu que Len Hoffman seria responsável pelo curso de liderança, porém o que mais lhe surpreendeu foi o nome que Len tinha recebido no mosteiro: “Simeão”.

Durante as aulas ministradas, o debate inicial foi sobre a diferença entre poder e autoridade, e o conceito de liderança. Na continuidade discutiram sobre o velho e o novo paradigma, como não ter o cliente como inimigo, mas como aliado. Foi colocada a questão dos modelos de liderança dos quais Len acredita que a autoridade sempre se estabelece ao servir aos outros e sacrificar-se por eles, e isso trouxe a reunião questionamentos sobre o ato de amar, que, na visão de um líder, deve ser traduzido pelo comportamento e pela escolha, na união do falar e do fazer, deixando de lado o sentimento.


Mais conhecido como Amor Agapé, a bondade, o respeito e a paciência são uma de suas principais características. Sinônimo de liderança, este conceito, aqui, significa o que você faz e não o que você sente, ou seja, você pode odiar uma pessoa mais pode agir com amor. Sobre o ambiente foi ressaltada a importância do bom cultivo para uma boa colheita, que só podemos colher os frutos que plantamos, e que no âmbito profissional o ambiente de trabalho tem que ser saudável para estimular os funcionários.


A práxis ocorre quando um comportamento influencia nossos pensamentos e sentimentos. Quando nos comprometemos a amar alguém e a nos doar a quem servimos, e analisamos as nossas ações e comportamentos com esse compromisso, com o passar do tempo desenvolveremos sentimentos positivos por essa pessoa.

Exemplo

Exemplo: quando nos comprometemos a concentrar atenção, tempo, esforço e outros recursos em alguém ou algo durante certo tempo, começamos a desenvolver sentimentos pelo objeto de nossa atenção.

Na última reunião Len e o grupo conversaram sobre recompensas, após debaterem sobre o assunto chegaram a conclusão que a disciplina exigida para liderar com autoridade nos trará ganhos e benefícios, e que a recompensa da alegria é algo que traz satisfação interior e convicção de saber que você está verdadeiramente em sintonia com os princípios profundos e permanentes da vida.

Amar aos outros, doar-nos e liderar com autoridade nos força a quebrar nossos muros de egoísmo e ir ao encontro das pessoas. No livro “O monge e executivo” o autor James C. Hunter nos mostra todos os requisitos para nos tornarmos um líder ideal. Quando tentamos trazer à memória os líderes que nos marcaram, tanto sociais como empresariais, nos deparamos em pessoas que tinham ou tem algo cativante, diferente. O autor expressa em um texto fluido e emocionante este algo mais.

Semelhanças entre Líderes

Embora existam múltiplas definições para a liderança, é possível encontrar dois elementos comuns em todas elas: por um lado é um fenômeno de grupo e, por outro, envolve um conjunto de influências interpessoais, exercidas num determinado contexto através de um processo de comunicação humana com vista à conquista de determinados objetivos específicos.


As funções de liderança incluem, portanto, todas as atividades de influenciação de pessoas, ou seja, que geram a motivação necessária para pôr em prática o propósito definido pela estratégia e estruturado nas funções executivas.


Nos momentos de reflexão do texto nos deparamos em discurções que nos faz refletir a diferença entre poder e autoridade, sobre o amor, sentimento ou comportamento?, as influencias do meio e nossas escolhas nos negócios e na vida. Assim entendemos que o líder de hoje é muito diferente do de antigamente, pois ele deve ser muito mais um sábio do que um técnico, deve acompanhar todas as mudanças.


Além disso, antes o bom Líder era aquele que sabia mandar, e hoje ele deve saber compartilhar e investir nas pessoas para que elas dêem o melhor de si mesmas. Segundo José Tolovi Júnior, liderança é algo que se aprende.


Para o especialista, qualquer um pode tornar-se um líder, basta ter as ferramentas certas e muita determinação. “Porém, uma vez lá, o líder precisa tomar cuidado para não cair em certas armadilhas, pois Liderança também está cercada de perigos”.


Já Roberto Justus, acredita que Liderança é um dom, que a pessoa nasce um líder nato ou não. Para o executivo, desde criança já demonstramos se seremos líderes ou não. No conceito de liderança, os líderes desenvolvem habilidades básicas e o conhecimento necessário para compreender, predizer e influenciar o comportamento dos outros. Para James C. Hunter, o individuo não precisa ser chefe para ser líder.


“Liderança é você inspirar e influenciar o outro para ação. É influenciar pessoas com entusiasmo e trabalho para o bem comum”. A diferença entre poder e autoridade consiste em: “poder é força que funciona por um tempo, mas fica velho”; “Autoridade, ao contrário, é a habilidade em conseguir que as pessoas façam sua vontade por conta de sua influência pessoal”. Um bom exemplo de autoridade, segundo ele, são nossas mães. “Elas atingem esse status porque nos serviram e continuam a nos servir ao longo de nossas vidas”.



Siga os posts do Administradores no Twitter: @admnews.

O poder da psicologia na comunicação

Uma boa comunicação precisa ser clara, direta por parte do emissor e decodificável por parte do receptor. Ainda assim ela pode ser entendida e interpretada de maneira diferente da qual se propunha inicialmente, se levarmos em conta que tanto quem a transmite como quem a recebe é influenciado por diversos fatores, sejam por sua visão pessoal, experiências, hábitos, costumes, crenças, interesses comerciais, etc. A mesma informação ainda pode ter visões diferenciadas dependendo do momento em que é exposta, de quem a veicula e de qual meio se utilize para sua transmissão…



Este estudo é o tema principal da (1.6 Psicologia da Comunicação) e aborda dois temas de extrema importância a nós, Pregadores:

•Como fazer com que a comunicação seja entendida, absorvida e replicada como que por quem a propôs

•Quais são os fatos a se levar em conta pelo emissor a fim de gerar o impacto desejado?

Um material muito interessante está disponível para download. Clique no ícone abaixo para baixá-lo!

baixar

Obs: Os outros videos que estao no gache não são apropriados! Não Vejam...

Ministério Eféso Seque as Lagrimas



Clipe hi-tec dos irmãos do Eféso e Ministério Gades.

Gloria a Deus ...

Voz da Periferia


quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Evangelizar ?




Evangelismo com caminhão na Vila Natal (zona sul) SP. 21/11


Vasculhando coisas na minha máquina fotográfica "tabajara", encontrei fotos do evangelismo na Vila Natal e pensei em escrever algo sobre a coluna da Fé Cristã.



1º vamos a etimologia da Palavra Evangelho:

Em grego: τὸ εὐαγγέλιον κατὰ significa "boas novas" Há mais de 100 citações em toda a extensão do novo testamento. Eu poderia me estender a muitas linhas mas, não é necessário o importante é saber que evangelho é...

Digo que é coluna porque esta palavra representa o próprio Jesus e sua obra. Nascimento (encarnação), morte e ressurreição!

No livro a qual escreveu Marcos diz:

Princípio do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus; Marcos 1:1.

Jesus disse algo poderoso mediante indagação dos discípulos de João Batista: Os cegos vêem, e os coxos andam; os leprosos são limpos, e os surdos ouvem; os mortos são ressuscitados, e aos pobres é anunciado o evangelho. Mateus 11:5.

Receber a Jesus é receber um glorioso kit de "Boas Novas"




irmao Piassa Ministério Realidade Urbana


2º Jesus ordena a evangelizar (aqui complica um pouco, ou melhor, nós complicamos)


E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Marcos 16:1.

Este versículo se tornou "clichê" no nosso meio o que é triste, ouço muito nos hinos, em cultos de missões e é muito falado em programas de televisão. Estamos cumprindo este mandamento tão sublime? Veja o padrão bíblico em Atos:

"E Filipe se achou em Azoto e, indo passando, anunciava o evangelho em todas as cidades, até que chegou a Cesaréia". Atos 8:40

"E, tendo anunciado o evangelho naquela cidade e feito muitos discípulos, voltaram para Listra, e Icônio e Antioquia," Atos 14:21

"Tendo eles, pois, testificado e falado a palavra do Senhor, voltaram para Jerusalém e em muitas aldeias dos samaritanos anunciaram o evangelho." Atos 8:25


Pela Bíblia e no meu entendimento, evangelismo é corpo a corpo, de casa em casa, ou melhor: olho no olho, pregando, curando e fazendo discípulos. Hoje em dia o único grupo que faz algo semelhante aos tempos apostólicos são os famosos (torre de vigia) ou testemunhas de Jeová.



Um fato assustador!
Em nosso continente, algumas lideranças evangélicas gastam alguns milhões de reais em programa de televisão com o objetivo de evangelizar. Mas vocês sabem qual é a religião que mais cresce no Brasil desde 1970? É o espiritismo com mais de 70% fonte IBGE. Estamos cada vez mais acreditando em esforços humanos e recursos financeiros do que praticando a Palavra!

Digo sem medo de errar que a igreja (sendo corpo) perdeu o foco no evangelismo já faz um tempo...





VISTA DO CAMINHÃO COMUNIDADE DE VILA NATAL


3º A ordenança é para todos (ESTREITOU)

Jesus não disse: Ei, vocês meus discípulos (ou liderança) ide e pregai o Evangelho, ou Vós da Igreja (A) abençoada financeiramente, ou Vós da Igreja (B) pessoas intelectualmente capacitadas (inclui também os Teólogos) ide, ide pregai o Evangelho, não! Ele disse o ide para todos!


Seja o Advogado, médico, professor, faxineiro, eletricista, motorista, padeiro, pastor, obreiro, missionário, membro não importa; se você aceitou a Cristo nasceu de novo, foi batizado ide por todo o mundo e pregai...


Terceirizando o Evangelismo


Existe em nosso meio pessoas dedicadas que se consagram continuamente e vivem para Deus e sua obra. Sejam do universo do louvor, no ensino e ate mesmo bons pregadores. Isso é uma benção porem, o que acontece é que alguns são idolatrados como deuses e as igrejas contratam tais para evangelizar colocando aquele aparato de marketing com faixas, vinhetas em rádio e televisão que deixa agente enojado! Eximindo-se da responsabilidade. Irmãos devemos orar, onde estão os Evangelistas das nossas igrejas?

Não pense que sou sectarista ou generalize demasiadamente, apenas onde por alguns templos e veja o que esta sendo pregado e quem prega!

E tem aqueles que dizem: Olha o ministério tal foi lá na igreja (C) você soube? 12 almas. Tratam as vidas humanas como se fossem números e as colocam em suas coroas, que não serão de ouro!


Esquecem que aquele que semeia também deve regar ou capacitar outrem para o propósito "feito muitos discípulos" quem é faz discípulos para cristo hoje em dia e não para si próprio.


“Eu plantei; Apolo regou, mas Deus deu o crescimento." (I Co 3: 6, 9)





Valdeir Lider do Evangelismo ComCafe




4º Requisito básico para Evangelizar (ESTREITOU mais)


"Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. "2 Timóteo 2:15


Medite em 2 Timóteo 2 e verá que tem tudo a ver com este contexto.


Leia também Mateus capitulo 10 e tire suas conclusões, vou citar aqui apenas o versículo 8


"Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai." Nem vou comentar ...



5º Pregar o Evangelho é anunciar o Reino de Cristo e seu poder. (ESTREITOU mais ainda)


Vocês leram o versículo acima né?


Olha o que Paulo disse sobre Evangelizar com poder:


"E eu, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando-vos o testemunho de Deus, não fui com sublimidade de palavras ou de sabedoria.

Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado.

E eu estive convosco em fraqueza, e em temor, e em grande tremor.

A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder;

Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus.” 1 Coríntios 2. 1-5



Que O Senhor tenha misericórdia de nós...

C.L. Ryderz – Lifestyles Of The Flesh & Spirit


1. Outro (The Flesh)
2. You Can Have It
3. Not Guilty
4. Too Much Power
5. What You Know About the Hood
6. Out The Hood
7. Do You Know
8. Ryderz In The Club
9. Ryderz Interlude
10. C.L. Ryderz
11. Burnin’ It Up
12. Just Clownin’
13. When You Die
14. Don’t Shoot
15. In Your Dreams
16. Life Goes On
17. The Day After Tomorrow
18. Rise Up
19. Power
20. Take A Ride
21. Left Alone
22. Intro (The Spirit)

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

ONU afirma que Europa Ocidental tem cerca de 140 mil escravas sexuais


Por Comunicação JOCUM Brasil em 1 de julho de 2010


Cerca de 70 mil mulheres são vítimas de tráfico sexual para a Europa Ocidental anualmente, segundo estima um relatório da UNODC (agência da ONU para Drogas e Crime).

Segundo o documento O Tráfico de Pessoas para a Europa para Exploração Sexual, haveria atualmente cerca de 140 mil mulheres obrigadas a trabalhar no mercado do sexo na região.

A ONU avalia que essas 140 mil mulheres traficadas façam ao todo cerca de 50 milhões de programas anuais, a um custo médio de 50 euros por cliente (cerca de R$ 109), movimentando um total de 2,5 bilhões de euros (R$ 5,47 bilhões).

O relatório da ONU foi divulgado na Espanha pelo diretor-executivo da UNODC, Antonio Maria Costa, para coincidir com o lançamento da campanha internacional Coração Azul de combate o problema.

“Os europeus acreditam que a escravidão foi abolida há centenas de anos. Mas olhem em volta – os escravos estão em nosso entorno. Precisamos fazer mais para reduzir a demanda por produtos feitos por escravos e por meio da exploração”, afirmou Costa.

Origens

O relatório da ONU cita a região dos Bálcãs como a principal origem das mulheres traficadas para a Europa Ocidental (32% do total), seguida dos países do ex-bloco soviético (19%), mas observa também um aumento no número de mulheres brasileiras traficadas (as sul-americanas são 13% do total).

Segundo a organização, a maioria das vítimas brasileiras de tráfico sexual para a Europa são originárias de regiões pobres no norte do país, principalmente nos Estados do Amazonas, do Pará, de Roraima e do Amapá.

O relatório observa ainda que as vítimas sul-americanas (principalmente do Brasil e do Paraguai) são traficadas principalmente para Espanha, Itália, Portugal, França, Holanda, Alemanha, Áustria e Suíça.

Em Portugal, dados do governo local divulgados na semana passada indicam que as brasileiras são 40% das mulheres traficadas no país.

Na Espanha, segundo os dados da ONU, o número de vítimas brasileiras e paraguaias ultrapassou desde 2003 o de vítimas colombianas, antes majoritárias no país.

Números

O total de 140 mil mulheres traficadas na Europa foi estimado pela ONU com base no número de 7.300 vítimas detectadas na Europa Ocidental em 2006. A organização estima que 1 em cada 20 vítimas seriam detectadas, indicando um total de 140 mil.

A agência estima ainda que o mercado tem uma renovação em média a cada dois anos, levando ao número de 70 mil novas vítimas a cada ano para substituir as que conseguem deixar a condição.

O relatório da ONU, porém, questiona alguns números de pesquisas sobre o tema. O documento cita uma estimativa de 700 mil mulheres trabalhando como prostitutas na Europa Ocidental (incluindo as que trabalham sem coerção).

Mas ao confrontar esse número com as pesquisas que indicam uma média de 6% dos homens pagando por sexo a cada ano nesses países, a organização estima que isso levaria a uma média de dez clientes anuais por prostituta, um número extremamente baixo mesmo que se tratassem de clientes regulares.

Para a organização, ou menos mulheres trabalham como prostitutas ou mais homens estão pagando por sexo com elas – ou ambas as coisas.

Publicado originalmente em : BBC Brasil