sábado, 24 de novembro de 2018

Pregação: Os Desafios do Jovem do século 21


Espiritualidade, Mercado de trabalho, Cultura

Esboço da pregação de hoje.



Texto bíblico II Timóteo 2: 22-26
22 - Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor.
23 - E rejeita as questões loucas, e sem instrução, sabendo que produzem contendas.
24 - E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim, ser manso para com todos, apto para ensinar, sofredor;
25 - Instruindo com mansidão os que resistem, a ver se porventura Deus lhes dará arrependimento para conhecerem a verdade,
26 - E tornarem a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em que à vontade dele estão presos.

Introdução
O século 21 começou em 2001, mais precisamente após o atentando as torres do Word trade Center, símbolo da cultura protestante, capitalista, ocidental. Este século é marcado pelo avanço da tecnologia (todas as áreas da ciência), mudança climática, conflitos geopolíticos e o sentimento de que vivemos em uma aldeia global, permeada pelas redes sociais. Mas, questões essenciais como alimentação, saneamento básico, justiça social e equidade de gênero ainda carecem de planos efetivos em todos os governos do mundo. Ou seja, o desenvolvimento tecnológico não erradicou os males que aflige as camadas mais pobres das sociedades; a alma humana ainda geme num caldeirão de violência, insensatez e loucura.

Conceito de espiritualidade, religiosidade na Bíblia
·         O profeta Miquéias nos indica que são três coisas: Praticar a justiça, Amar a bondade e andar humildemente com o seu Deus 
Miquéias 6:8 8 - Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o SENHOR pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a benignidade, e andes humildemente com o teu Deus?
·         O mestre Jesus Cristo nos ensinou que a nossa prática religiosa e espiritualidade se resume em duas coisas: Amar a Deus com toda força e entendimento e amar o próximo como a mim mesmo.
Mateus 22:37-40  - E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
38 - Este é o primeiro e grande mandamento.
39 - E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
40 - Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.
·         O apostolo Tiago mostra que a verdadeira religião é cuidar dos órfãos e das viúvas e se abster da maldade do mundo.
Tiago 1:27  - A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.

·         O apostolo Paulo desenvolve o conceito de verdadeira espiritualidade que é pautada no Amor, ele é essência de Deus
I Corintios 13:4-10 - O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
5 - Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
6 - Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
7 - Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
8 - O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
9 - Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;
10 - Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

Os princípios práticos sobre o trabalho na Bíblia
·         O trabalho é uma instituição de sabedoria divina 
Gênesis 1:31 - E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.
·         Não existe coisa melhor do que comer e beber pelo fruto do seu trabalho
Eclesiastes 2:24 24 - Não há nada melhor para o homem do que comer e beber, e fazer com que sua alma goze do bem do seu trabalho. Também vi que isto vem da mão de Deus.
·         O senhor nos adverte para não sermos preguiçosos
Provérbios 6:6 - Vai ter com a formiga, ó preguiçoso; olha para os seus caminhos, e sê sábio.
·         A nova comunidade cristã é aconselhada para que trabalhem e não tenham embaraços com os demais
 I Tessalonicenses 4:11-12  - E procureis viver quietos, e tratar dos vossos próprios negócios, e trabalhar com vossas próprias mãos, como já vo-lo temos mandado;
12 - Para que andeis honestamente para com os que estão de fora, e não necessiteis de coisa alguma. 
·         Todo tipo de trabalho fora destes princípios é vaidade e idolatria
Eclesiastes 2:11 - E olhei eu para todas as obras que fizeram as minhas mãos, como também para o trabalho que eu, trabalhando, tinha feito, e eis que tudo era vaidade e aflição de espírito, e que proveito nenhum havia debaixo do sol.

 A cultura e a Bíblia
A Bíblia foi escrita ao longo de 1500 anos, em várias culturas diferentes: cultura nômade (Abraão), cultura egípcia (José), cultura judaica tribal (Josué), cultura judaica monárquica (Davi), cultura babilônica (Daniel), cultura Persa (Ester), cultura grega e romana (Paulo)...
Cada cultura tem coisas boas e coisas ruins. Enquanto estamos aqui na terra, não podemos nos desligar completamente da cultura. Por isso, precisamos da sabedoria de Deus para entender o que é bom e o que é ruim em nossa cultura
Efésios 5:9-10 - (Porque o fruto do Espírito está em toda a bondade, e justiça e verdade);
10 - Aprovando o que é agradável ao Senhor.


quarta-feira, 24 de outubro de 2018

1 Curiosidades da Bíblia


Observação atenciosa de detalhes que muitas vezes passam despercebidos, até mesmo pelos criteriosos estudantes e amantes das Escrituras Sagradas. 




domingo, 24 de junho de 2018

6:06 APES**T - THE CARTERS Beyoncé 37 mi visualizações Novo 17:22 Illuminati ፠ Gabriel Wendel Recomendado 9:49 A HISTÓRIA DA ARTE É BRANCA - DESVENDANDO a Arte de APESHIT .:|Beyoncé e Jay Z|:. Arte de Segunda 32 mil visualizações Novo 1:32:09 As sete leis universais (O CAIBALION, Sabedoria egípcia hermética) Nueva Acrópolis NOVA ACRÓPOLE - Escola de Filosofia Internacional Recomendado 6:15 O CABELÃO, THIAGO LEIFERT, PANTERA NEGRA E REPRESENTATIVIDADE - SpartakusVLOG Spartakus Santiago 49 mil visualizações 22:08 O GORDIN DO OUTFIT FINALMENTE CONTOU TUDO... Felipe Neto Recomendado Novo 12:29 TOP 10 Gêmeos Siameses que Existem no Mundo Hericles Leony 1,5 mi visualizações 17:16 Beyoncé e Jay-Z: entendendo APES**T e EVERYTHING IS LOVE [Parte I] | Café Radioativo Café Radioativo 10 mil visualizações Novo DEAR WHITE PEOPLE S02 - Review / Análise (Negros mestiços, Gays racistas, etc) SEM SPOILER Spartakus Santiago 11 mil visualizações THIS IS AMERICA - CHILDISH GAMBINO | ANÁLISE Acabou de Acabar 88 mil visualizações Ciência de branco? (#Pirula 257.2) Canal do Pirula 58 mil visualizações Novo BEYONCÉ & JAY-Z | Holy Grail / Intro [Live at Glasgow OTR II World Tour 2018] MADforliveMUSIC 1,3 mi visualizações A MISS GAÚCHA QUE SOFREU RACISMO - Sobre padrão de beleza Spartakus Santiago 17 mil visualizações O que está por trás de 'Apeshit', o clipe de Beyoncé e Jay-Z no Louvre Jornal O Globo 7,1 mil visualizações Novo APESHIT - THE CARTERS (Tradução PT-BR) Rodolfo Lyrics 27 mil visualizações Novo JOAQUIM BARBOSA E A MERITOCRACIA - Sobre "vitimismo" e privilégios Spartakus Santiago 28 mil visualizações 7 coisas sobre Apeshit - Análise e Review | Soul Vaidosa Soul Vaidosa 2 mil visualizações Novo O CLIPE DE PARAÍSO E A LGBTFOBIA - Lucas Lucco é ativista ou aproveitador? - SpartakusVLOG Spartakus Santiago 20 mil visualizações Beyoncé vai se aposentar? - John Wallison John Wallison 18 mil visualizações Novo Análise/Review | Apeshit - The Carters (Beyoncé & Jay-Z)






Entenda como o comeback da Beyoncé e Jay-Z é também um protesto contra a desvalorização dos negros nas artes, algo que acontece na música, no cinema e até em RuPaul's Drags Race. Fonte: https://www.portalitpop.com/2017/02/o... Black Contemporary Art: http://blackcontemporaryart.tumblr.com/




sexta-feira, 15 de junho de 2018

Como Catarina von Bora, mulher de Lutero, influenciou a Reforma Protestante

A "Madame Lutero" influenciou a teologia do marido e o ajudou a manter a saúde mental. Ela não foi a única mulher com papel de destaque na Reforma Protestante

 | 
Ruan de Sousa Gabriel
CATARINA VON BORA (INTERVENÇÃO DE CRISTINA KASHIMA SOBRE PINTURA DE LUCAS CRANACH)
Catarina von Bora tinha 26 anos e sangue nobre, mas quase nenhum dinheiro. Arrumar um bom casamento não era fácil para uma moça como ela: orgulhosa, insubmissa e, pior de tudo, fugida de um convento. Ela vivia de favor na casa de Lucas Cranach, um pintor famoso na cidadezinha deWittenberg, na Saxônia (que viria a ser parte da Alemanha), e se envolveu num romance com Jerônimo Baumgärtner, um estudante de Nuremberg. Os pais dele se opuseram ao casamento. Não queriam o filho amarrado a uma ex-freira pé-rapada. Jerônimo preferiu obedecer aos pais e não respondeu mais às cartas da namorada. Como muitas moças evangélicas depois dela, Catarina foi conversar com o pastor sobre os tormentos de seu coração. O pastor dela era Martinho Lutero, comandante da Reforma Protestante, a revolução religiosa que sacudia a Europa há exatos 500 anos.
Lutero escreveu ao noivo fujão: “Se você quer sua Catarina von Bora, é melhor fazer alguma coisa rapidamente, antes que ela seja dada a outra pessoa que a queira”. Baumgärtner ignorou o pastor, que tomou para si a tarefa de arranjar um casamento para Catarina, a única ex-freira de Wittenberg que continuava sem marido. Lutero sugeriu a ela que desposasse o velho pastor Casper Glatz. Catarina disse não, mas emendou que se disporia a casar, quem sabe, com o próprio Lutero.


Rolou. No final da tarde de 13 de junho de 1525, uma terça-feira, Catarina casou com Lutero, 16 anos mais velho que ela. Lutero não ardia de amores por Catarina, mas afirmou em cartas que a estimava “em alta conta”. Ele resolveu casar para agradar ao pai (que sempre lhe pedia netos), irritar o papa e confirmar seu ensino de que pastores protestantes, em especial os que, como ele, eram ex-monges ou ex-padres católicos, deviam tomar esposas para si. O casório do “pastor da nação” foi tão importante para a Reforma que sua noite de núpcias contou com um pequeno público, testemunhas que aquele não era um “casamento de José” – uma referência brincalhona de Lutero à crença católica de que Maria, a mãe de Jesus, permaneceu virgem até o fim. Segundo a historiadora americana Ruth Tucker, autora da recém-publicada biografia A primeira-dama da Reforma: a extraordinária vida de Catarina von Bora (Thomas Nelson Brasil, 224 páginas, R$ 29,90), com exceção do anúncio das 95 teses que marcaram o início do protestantismo em 1517, o casamento de Lutero foi o evento que melhor definiu os rumos da Reforma. “Catarina von Bora foi a pessoa mais importante da Reforma Protestante depois de Lutero. Não acredito que ele teria encontrado outra mulher capaz de mantê-lo mental, física e financeiramente saudável como Catarina foi capaz. Sem ela, talvez a Reforma tivesse sido diferente”, afirma Ruth, que, carinhosa, chama Catarina de “Katie Lutero”.
Catarina vivera enclausurada num convento desde os 5 anos de idade. Acompanhada por outras 11 irmãs, fugiu para se unir aos protestantes, que incentivavam a deserção de monges e freiras e gostavam de repetir que mosteiros e conventos eram piores que prostíbulos. Essa estranha patota de ex-freiras chegou a Wittenberg no Domingo de Páscoa de 1525, poucos meses antes do casamento de Catarina e Lutero. Pouco se sabe sobre a vida íntima de Catarina. Não há notícias de diários que ela tenha escrito e apenas oito de suas cartas foram preservadas – todas sobre transações comerciais, sem nenhuma confissão.
Segundo Ruth Tucker, não há nenhuma indicação de que ela fosse uma evangélica devota ou típica mulher de pastor, dessas que lideram grupos de oração e estudos bíblicos para senhoras. “Se Catarina fosse uma mulher de profunda espiritualidade, haveria evidência disso nas cartas de Lutero”, diz. “Mas ele nunca escreveu a ela agradecendo por suas orações ou por ensinar a Bíblia aos filhos. O que ele dizia era sentir falta da cerveja que ela fazia.” Há uma carta em que Lutero afirma ter apostado dinheiro com a mulher se ela terminasse de ler a Bíblia até a Páscoa (não se sabe quem ganhou a aposta). Heloisa Gralow Dalferth, pastora luterana e autora de Katharina von Bora – Uma biografia (Editora Sinodal), discorda que a senhora Lutero tivesse pouca fé. “Catarina dialogava com Lutero e seus alunos, e também com outros reformadores que se reuniam em sua casa. Sabe-se que foi ela quem influenciou Lutero a escrever De servo arbítrio, uma resposta a Erasmo de Roterdã [humanista holandês]”, diz. “Conta-se que ela nem sempre conseguia frequentar os cultos, pois estava ocupada cuidando de doentes.” Fazer cerveja para Lutero talvez também lhe ocupasse bastante o tempo.
Na época da Reforma, mulheres se envolveram em debates teológicos e algumas se tornaram pregadoras da nova fé [leia nos quadros]. “As mulheres abraçaram a doutrina reformada do sacerdócio universal de todos os crentes, que prega que todos – não apenas padres ou pastores – podem anunciar o Evangelho. Elas se sentiram incluídas de uma maneira que não era possível na Igreja Católica”, diz Rute Salviano Almeida, autora de Uma voz feminina na Reforma (Hagnos). Katherine Zell, esposa do reformador francês Mateus Zell, pregava as doutrinas protestantes e acolhia os refugiados das guerras religiosas. A bávara Árgula von Grumbach era casada com um católico, mas publicava panfletos em defesa das ideias de Lutero. A própria senhora Lutero, no entanto, preferia o serviço nos bastidores ao debate público. “Catarina tinha vocação para administrar”, diz Rute. “Ela apoiou Lutero durante todas as crises que ele teve, e esse apoio permitiu que ele continuasse seu trabalho.”
Embora não tenha sido uma típica mulher de pastor, a vida de Catarina ilustra bem a “ética protestante”: os fiéis também devem louvar a Deus por meio do trabalho metódico e disciplinado. Lutero era crente, mas também melancólico, ansioso, boquirroto e desleixado com o dinheiro – nem sequer tinha salário fixo. Catarina era orgulhosa, um pouco avara e não muito popular em Wittenberg – Felipe Melâncton, colega de Lutero, chamava-a de “déspota”. Depois do casamento, ela passou a administrar o Mosteiro Negro, o antigo claustro onde Lutero vivia e que foi convertido numa espécie de pensão familiar depois da Reforma. Com a ajuda de alguns criados, Catarina cuidava de tudo: da comida, dos jardins, dos 40 quartos disponíveis, de quatro dos seis filhos que teve com Lutero (dois morreram na infância) e de um punhado de crianças órfãs e doentes das redondezas. Ela proibiu o marido de perdoar dívidas de hóspedes, em sua maioria estudantes que vinham de todas as partes ouvir o reformador. Catarina comprava e vendia terras, negociava a publicação dos livros do marido e insistia que ele cobrasse por suas aulas. Às vezes, ela viajava a negócios e ele ficava em casa cuidando das crianças.
O filósofo dinamarquês Søren Kierkegaard (1813-1855) afirmou que “Lutero poderia muito bem ter se casado com uma planta”, numa insinuação grosseira de que Catarina não teve nenhuma importância na trajetória do marido. No entanto, as estudiosas ouvidas pela reportagem afirmam que ela influenciou, sim, o pensamento teológico do reformador sobre a mulher, o casamento e a família. Em 1520, Lutero pintou um retrato negativo de Eva, a mulher que comeu o fruto proibido e abriu as portas do Jardim do Éden para o pecado. Ele disse que Eva era “faladeira e supersticiosa” e deveria ter chamado Adão para lidar com a serpente. Nas décadas seguintes, mudou de opinião e passou a se referir a Eva como uma “mulher heroica”, “parceira no comando” e “em parte alguma inferior a seu marido”. A avaliação mais generosa da mulher de Adão surgiu após anos de convívio com Catarina, sua “parceira no comando”, que lidava melhor que ele com o jardim e problemas variados. Lutero era melhor com as palavras e tinha algum talento para a música. Um dos hinos mais famosos que compôs se chama “Castelo forte”, que descreve Deus como uma fortaleza onde os fiéis buscam refúgio em tempos de tribulação. Com todo o respeito ao Senhor, parece que Lutero tinha mais um “castelo forte”: Catarina, para quem ele inventava apelidos carinhosos, como “Estrela da manhã de Wittenberg”, ou de doçura mordaz, como “Kette”, um bom diminutivo para “Katharina”, que também pode ser traduzido como “corrente” ou “grilhão”.


quarta-feira, 23 de maio de 2018

Entrevista exclusiva com Russel Norman Champlin"

Dr. Russell Norman Champlin, nasceu em 1933 em Salt lake City nos EUA. É casado com Irene Champlin. Eles têm três filhos: Calvin, Charles e Darrell Champlin.
Atualmente mora no interior de São Paulo; 
Ele e sua família são de origem Batista.

Bacharel em Literatura Bíblica no Imannuel College, Mestre e Doutor em Línguas Clássicas e Ph.D.em Novo Testamento e Filosofia pela University of Utah.
Foi professor universitário no Brasil por mais de 30 anos na Universidade Estadual de São Paulo - UNESP.
Lecionou por quatro anos no ITA (Instituto Tecnológico Aeronáutico) , também na Faculdade de Engenharia de Guaratingueta e na Fundação Valeparaibana de Ensino.


Prévia, entrevista Filosofia de Rua



www.tvnasruas.com.br

domingo, 20 de maio de 2018

O Pescoço da Formiga


As formigas, criaturas de pouca força, contudo, armazenam sua comida no verão;

Provérbios 30:25

🔴 Saiu a entrevista com o Diego Gfdom ( Ministério de Deus )


🎬
✔ Não esqueça de se inscrever no canal do YouTube : Cássio Chaves
  https://www.youtube.com/channel/UCjtUK3WmdrzZyAABnrb_ASQ
👍🏼 Deixe o seu like no vídeo
✌🏼 Ative as notificações e fique por dentro das novidades

Que Deus abençoe a sua vida e de toda a sua família em nome do Senhor Jesus Cristo 🙌

Entrevista com Carlinhos Periferia, editor do TvNasRuas


Nobre vagabundo entrevistou o fundador do TvNasRuas, e sua transformação do palco para as câmeras. 

sexta-feira, 18 de maio de 2018

🔴 Saiu a entrevista do Bony Cde #Pi Palavra Inspirada

🤔 Vc sabe porque do nome Bony Cde ?
🤔 E de onde veio #Pi Palavra Inspirada ?
✔ Descubra nessa entrevista


👇👇👇👇👇👇👇👇👇👇👇👇

👍 Inscreva-se e ative as notificações do meu canal no youtube e fique por dentro das novidades ✌

https://www.youtube.com/channel/UCjtUK3WmdrzZyAABnrb_ASQ…

Que Deus abençoe a sua vida e de toda a sua família em nome do Senhor Jesus Cristo 🙌

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Sempre tenha um Plano B;C;D

Analista de treinamento Dásio Oliveira (esquerda) curso técnico refrigeração, condicionadores de ar, saindo da Sercom para 
Whirlpool S. A. é uma empresa brasileira do ramo de eletrodomésticos, subsidiária da multinacional Whirlpool Corporation. A Whirlpool S. A é resultado da fusão entre a Multibrás e a Embraco ocorrida em 2006. 

A minha vida melhorou muito quando entendi, e passei a ordena-la por áreas: Espiritual; Familiar; Profissional ; Cultural etc. Lógico, é um contrassenso reduzir a vida humana em meros clichês de gurus de auto-ajuda, mas como o mundo é tecnocrata e mercadológico me apoiei em conceitos de sabedoria antiga, a saber, da teologia biblica, para ordenar o meu dia a dia e crescer profissionalmente, setor que há anos eu negligenciava

aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus.
Efésios 5:16

Nos últimos 3 anos, estou vivendo e sendo guiado por esses princípios, e tem me ajudado deveras,  por isso resolvi fazer um post.

Hoje escrevo sobre um princípio: tenha sempre um plano b...

Em qualquer função que desempenhar no seu trabalho, tenha em mente o seguinte:

 1 Faça tudo com excelência.

 2 Não espere aplausos por desempenhar bem uma função para qual você foi contratato.

3 Network não é puxar o saco das pessoas, ou politicagem  barata, é construir uma rede de contatos e relacionamentos saudáveis.

4 Atualização sempre! Estude; pesquise, e construa em si uma biblioteca de habilidades e conhecimentos (inclui ferramentas de tecnologia), quando surgir uma oportunidade estará preparado(a)!

5 Cale-se, para fofocas, intrigas e contendas. Só entre em uma conversa para falar de coisas construtivas e ou que acrescente valores nas pessoas. Terá um grande equilíbrio em seu humor, e mais energia para resolver os problemas relacionados a função exercida na companhia.

6 Paciência é um dom de "Deus" exercite-a.  Se você não tiver paciência para suportar os períodos difíceis na funçâo em que exerce já era! Em uma Nação onde tem mais de 12,9 milhões de desempregados, não é uma opção ficar pulando de emprego; revise suas prioridades.

7 Analise, consulte e processe seu currículo. Se a empresa tiver um plano de carreira, fica mais fácil, se não, você precisa ficar atento(a) ao mercado de trabalho.

8 Empreender é uma boa opção, mas não faz milagres. Se tiver tempo e disposição para desenvolver um projeto paralelo, excelente, caso contrário, foque naquilo que tu já faz, as chances de êxito serão maiores.

9 A caminhada do sucesso ou liderança é solitária. Finalizar um curso, conseguir uma promoção, projetar sua carreira a longo prazo (5 anos) é um processo que poucos querem realizar. Vencer o comodismo e sentimento de auto comiseração deve ser meta de vida.

10 Deixe valores, eles serão pedras para o seu castelo. Esses, são o seu legado de serviço e trabalho no ambiente profissional, viva como se fosse o seu último dia, dê o seu melhor. No futuro, caso precise de uma recomendação ou indicação, estará a frente dos outros candidatos. 

Experimente, nunca é tarde para começar o seu projeto Plano B, use este como exemplo ou desenvolva o seu, só não fique parado(a). Lembre-se :


2 Todos partilham um destino comum: o justo e o ímpio, o bom e o mau, o puro e o impuro, o que oferece sacrifícios e o que não oferece. O que acontece com o homem bom, acontece com o pecador; o que acontece com quem faz juramentos, acontece com quem teme fazê-los.
3 Este é o mal que há em tudo o que acontece debaixo do sol: O destino de todos é o mesmo. O coração dos homens, além do mais, está cheio de maldade e de loucura durante toda a vida; e por fim eles se juntarão aos mortos.

Eclesiastes 9: 2,3