Mulher a primeira a sofrer a influência da propriedade privada, se tornando assim a primeira escrava da humanidade

 
A mulher contemporânea tem grande influência na sociedade, conquistou seu lugar ao sol, através de muita dedicação,trabalho e abdicação, hoje em dia além da mulher ser vista pelo mercado de trabalho como uma mão de obra competente e determinada, a sua grande maioria quando chega em casa se depara com outra jornada de trabalho desta vez se despojando da profissional, e sendo dona de casa, mãe e esposa, somente o fato de conseguir conciliar estas habilidades e que estão garantindo o devido respeito dá sociedade.
Mas a algumas décadas atras as coisas eram bem diferentes a mulher era marginalizada é colocada na condição de coadjuvante do homem e justamente por isso era considerada e tratada como uma classe inferior cheia de obrigações e deveres e sem quase nenhum direito, mas isso nem sempre foi assim, no inicio do surgimento das primeiras sociedades, segundo Friedrich Engels na Origem da família, da propriedade privada e o estado a sociedade se dividiam em gens e essas primeiramente eram matriarcal, como o próprio nome diz quem governava era a mulher. Nesta época tudo que era produzido pelas gens era de todos, não havia bem comum, o máximo que poderia acontecer era o escambo, ou seja a troca de uma mercadoria entre gens, mas não havia dentro das gens alguém que possuísse algo só seu.
Com o tempo o homem começou a perceber que ele podia acumular bens, ou seja ter propriedade privada, e isso foi determinante para que ele não quisesse mais dividir seus bens depois da sua morte com aqueles que não eram efetivamente seus herdeiros, então a partir deste momento se formar as primeiras famílias patriarcais lembrando que a palavra família deriva do latim “famulus”( servo, escravo, criado doméstico), isto nos leva a entender é que a criação da família foi para garantir ao homem a servidão de uma mulher a legitimando assim seus herdeiros.
Concluo assim que a partir da formação da propriedade privada, foi instituída a família e também foi criada a primeira forma de escravidão do homem (proprietário) sobre a mulher (serva).
por Janaína de Paula
0