Um lugar para guardar conhecimento


A nova Biblioteca de Alexandria busca recuperar o espírito do maior centro cultural que já existiu


Atenção, leitores! Viajaremos no tempo até a Antiguidade. Numa cidade romana que, vejam só!, era localizada em pleno Egito, foi construído o maior centro cultural que a humanidade já viu: a Biblioteca de Alexandria. O prédio, gigantesco, continha rolos e mais rolos com obras dos grandes pensadores da época, além de abrigar encontros de intelectuais que discutiam os mais variados assuntos (saiba mais na CHC 234).
Ok. Voltando aos nossos dias… Estamos em 2012, e nada sobrou do prédio que, por séculos, foi considerado uma das Sete Maravilhas do Mundo. A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e o governo egípcio, porém, continuam determinados a manter vivo o espírito da Biblioteca de Alexandria.
Em 2002, eles inauguraram uma nova instituição que, como a original, é muito mais que uma simples biblioteca. Seu principal objetivo é criar um ambiente tão produtivo quanto o que se tinha no passado, permitindo o diálogo entre pessoas e culturas, além da produção e disseminação do conhecimento.
A nova biblioteca é grande e bem bonita: a foto da esquerda mostra o prédio da Biblioteca de Alexandria e a da direita mostra uma das salas de leitura (Foto: Divulgação Bibliotheca Alexandrina)
A nova Biblioteca de Alexandria, localizada na mesma cidade onde ficava a biblioteca anterior, é um complexo que inclui centros de pesquisa, museus, planetário, bibliotecas especializadas e muitos outros espaços. Ela também possui um acervo digital – afinal, estamos no século 21 e é preciso inovar para acompanhar os novos tempos!
Outra diferença interessante é que, enquanto, no passado, as crianças ficavam de fora dos espaços da antiga biblioteca e só podiam entrar lá na adolescência, a nova Biblioteca de Alexandria possui um espaço voltado só para crianças. Além de livros de todos os assuntos, ele também oferece diversas atividades como exibição de filmes.
A nova Biblioteca de Alexandria possui um espaço voltado só para crianças e também oferece diversas atividades, como a exibição de filmes (Foto: Divulgação Bibliotheca Alexandrina)
Cerca de 1,5 milhão de visitantes passam, a cada ano, por este grande centro cultural. Se você não pode ir até lá pessoalmente para conferir, não se preocupe: ao menos uma visita virtual é possível. Basta acessar a página virtual da Biblioteca de Alexandria (em inglês) e matar a curiosidade!
0