Entrevista Exclusiva: Cacau fala sobre o novo CD do Rap Sensation (não na terra do sim) "só sou uma pequena placa na estrada indicando O Caminho..."



"Suba o Primeiro degrau com fé. Não é necessário que você veja toda a escada. Apenas de o primeiro passo."
Martin Luther King


finalizei o bate-papo em forma de entrevista com o Cacau (Rap Sensation), algumas vezes pelo MSN e outras por e-mail.

Passei alguns dias pensando em um texto de abertura com aquele cunho jornalístico, valorizando as idéias e resumindo de forma interessante as 10 perguntas que, a meu ver, transcendem meras linhas e passam a ditar a nova era do RapGospel aqui no Brasil. Esforcei-me ao máximo e privo pela imparcialidade, pois o tenho não só como amigo e irmão em Cristo; o tenho como exemplo de vida e nesse caso fica quase impossível não ser tendencioso em minhas indagações.

Como não sou jornalista, e nem bom escritor (RS), escolhi a frase de Martin Luther King, pois acho que resume bem as linhas que vêem a seguir...



1 – aice man: Por que o titulo do CD é “Não na terra do Sim”?

Cacau RS: Vendo toda a evolução humana na questão da ciência, inteligência, tecnologia e modernização de tudo, as grandes metrópoles, internet e etc. Com tudo isso vem a busca incansável por ter, poder e ser, nisso cresce a ganância, inveja, desonestidade, engano, a começar do fato no Jardim do Éden, a serpente dizendo pra Eva; “Sim” você pode comer da árvore do conhecimento do bem e do mal que Deus disse; “Não” você não pode comer! Enfim o homem regrediu na questão ética e moral.
Com os sentimentos esfriando a cada dia, em que as coisas tem mais valor que as pessoas, a polícia vira ladrão, a lei virou um fora da lei, os bons se calando e os maus gritando, a criatura quer virar o Criador... Vi uma inversão de valores muito grande na grande parte das pessoas. Com tudo isso veio minha indignação e disse; Eu preciso falar sobre isso, e escrevi a música. Minha intenção é alertar as pessoas através do privilégio que Deus me deu, só sou uma pequena placa na estrada indicando O Caminho, elas é quem decidem andar Nele, dizendo; Sim ou Não na terra do Sim.


2 – aice man: Conte como foi o processo de produção do CD e a composição das Letras.

Cacau RS: Primeiro escolhendo e abordando com cuidado os temas diferentes e escrevendo com cautela e muito carinho as letras.

A parte musical e de estúdio já foi mais complicada, impedimentos, contra tempos, dificuldade e uma batalha dura contra o nosso inimigo, mais com muita persistência, perseverança, foco, comunhão entre nós do grupo, muita fé em Deus concluímos o CD em 4 árduos anos. Estamos muito felizes por isso, nós conseguimos!

3 - aice man: Após alguns anos no Evangelho e trabalhando o cd “Qué Colá?” obviamente vocês amadureceram sendo notável a evolução espiritual e musical da banda. O que vocês aprenderam nessa jornada e como você vê o cenário gospel hoje?

Cacau RS: Com o passar do tempo normalmente o ser humano evolui pela experiência de vida, pela idade, conhecimento e com o dia-dia. É simples, um mecânico quando conserta o seu primeiro carro, terá menos habilidade do que com alguns anos de experiência na mesma função com dedicação, assim aconteceu com a gente, fora a experiência de 4 CDs que tínhamos no secular que ajudou muito na confecção do Qué colá? Assim sendo, miramos e creio que acertamos no alvo que miramos, a experiência foi meio caminho andado.

Quanto ao cenário gospel, vejo muitos músicos, cantores, rappers, pregadores e pastores, tentando acertar o alvo “ IDE ” e errando muito na mira, uns por conhecer e negligenciar a palavra e outros por não conhecerem a palavra disponível e acessível a todos.

Também os de dentro (crentes) querendo sair, e os de fora querendo entrar, e como entram os de fora se os de dentro saem? Somente pela misericórdia e graça de Deus mesmo!

No caso do rap que é a minha área, vejo os rappers tirando o significado do ritimo e poesia e só deixando o ritimo, achando que poesia é só pra poeta, e não para um poeta rapper.

Fora a exclusão da palavra de Deus nas musicas e hipocrisia de não viverem o que cantam ou pregam em suas letras. Mais oro pela conversão dos de dentro do cenário gospel e aos de fora!

4 – aice man: Trocando idéia com o Nino (quando ele foi participar de uma musica minha) ele me disse que você participou em dezenas de trabalhos de rap gospel este ano. Isto se deu a vasta bagagem que você tem no rap? Ou foi pelo testemunho de vida, hoje vivendo a palavra de Deus? Comente.

Cacau RS: Não fiz participações só em musicas ou grupos de rap, participei rimando em várias bandas de Black, Soul, e Pop também.

Talvez os convites se deu por que viram mais do que a rima e a bagagem em mim, viram Deus, e Ele falou por mim, muitas vezes a experiência ou a bagagem que alguém tem não conta tanto pra os que valorizam valores, quando não é só por interesse, acho que um Cd feito por cada um é muito pessoal pra chamar uma pessoa que não conhece direito pra participar só por bagagem ou por experiência e sim por que Deus anda com o experiente.
"Será que preciso dizer como me vejo???
5 - aice man: O CD é repleto de temas do cotidiano como: O som que fala do motoboy, a vida de um homem de 80 anos, viver em um mundo de aluguel etc. Mas, percebi que tem raízes profundas na teologia, analogias entre o velho e novo testamentos, a pessoa de Cristo e sua divindade, o pecado do mundo e como persistir na fé para salvação e muitas outras referencias bíblicas... Vocês estudam a bíblia diariamente? Comente como foi possível escrever letras simples para o povão entender e tão complexas ao ponto de igrejas convidarem você para pregar?

Cacau RS: Vou dizer por mim, mais cada um do grupo tem a sua intimidade com a palavra, amo profundamente a palavra de Deus e a estudo muito, aí junta a fome com a vontade de comer e já sabe no que da né?

Só precisei com muita atenção e ajuda do Pai, ser profundo na reflexão com um fácil entendimento, não deixando o som ficar religioso e sim de Deus!

Não penso em atingir um público só e sim públicos, desde o moto boy até as pessoas idosas, quando vejo os crentes falando do ide, só falam e não fazem, atingem somente um público restrito e as vezes levam o remédio aos sãos, querem libertar os livres e levar alegria aos felizes.

Quando vejo Jesus dizendo; IDE E PREGAI... entendo que eu preciso que ouçam a voz Dele através de mim além do nosso quintal, por isso, os de fora também precisam escutar e com mais urgência, antes que satanás os matam e percamos a oportunidade e privilegio do ide. E o Senhor nos chamou de pescadores não de peixeiros!

As vezes recebo convites pra pregar e aceito com muita felicidade, aí a minha experiência de 23 anos no rap não vale de nada , e se eu não tenho intimidade com a palavra e com o Dono dela, estou só e não sai nada de Deus da minha boca, só de mim mesmo!

Aí prefiro contar com a soberania da Trindade augusta, do que dos meu 35 farrapados anos de idade.

Muitos pastores e lideres de muitas igrejas, precisam entender que existem homens de Deus e grandes pregadores da palavra no rap, mais não são todos. Orem por nós ao invés de nos julgar só por que cantamos rap, que aliás, o rap Brasileiro é o melhor rap do mundo!


6 – aice man: Como você se vê hoje? Sendo um pai de família com uma esposa abençoada trabalhando secularmente, mas com o coração voltado para a obra. Quais são as bênçãos e desafios de ministrar o Evangelho através do rap?

Cacau RS: Sim, tenho o privilegio de ser marido de uma esposa inacreditavelmente maravilhosa que também me deu 2 filhos lindos. Será que preciso dizer como me vejo???

Tenho meu trabalho independente do rap e desde o secular nunca fiquei esperando valores financeiros dele, apesar de acreditar, mais o que sempre esperei de verdade do rap é valores que não tem preço , como por exemplo, uma vida que queria se matar e resolveu viver por ouvir um rap meu.

Essa é a maior benção que eu recebi de Deus, ter o privilégio de fazer o que anjos, Arcanjos, Serafins e Querubins não fazem, que é pregar a palavra de Deus através do rap ou não.

E o meu maior desafio é me vencer e me superar sempre, ser um melhor cristão amanhã do que hoje, ser um melhor marido, pai, cidadão, rapper, compositor, pregador, etc... a lei e o governo vem pela razão e sendo um líder as vezes por ser muito mais emocional, sofro com as minhas atitudes emocionais por não ser mais racional do que devo, os de coração mole sofrem mais que todos! Mais to no caminho, tô aprendendo.

7 - aice man: Boa parte da Igreja hoje em dia aceita o rap em seus templos, O Rap Sensation tem viajado por todas as regiões da capital, interior e fora do Estado. O que os Pastores e lideres tem buscado nas bandas de rap? Comente.

Cacau RS:O rap tem sido mais aceito sim, talvez por conta dos resgates que Deus tem feito através do estilo musical e muitos entenderam quão poderosa é essa ferramenta nas mãos de Deus.

Ainda não são todos, mais muitos tem buscado uma parceria de fé, como membros de um mesmo corpo, os olhos precisando do ouvido, o ouvido contando com a ajuda das mão, as mãos ajudando os braços, os pés pisando com a cooperação das pernas e o Cabeça comandando todo o corpo “ Cristo ”, tenta imaginar um corpo sem os membros? Ou um corpo feito de um só membro? Melhor serem 2 do que 1, melhor serem 1000 diferentes do que 10 iguais ...

8 – aice man: CD muito bem produzido e recentemente o vídeo clipe da faixa “Meus 80”. Trabalho para qualquer Big gravadora lançar e distribuir. Por que independente?

Cacau RS: Nesse caso, a independência te da liberdade pra fazer o que quiser com o talento que Deus te deu, por que em muitos casos as gravadoras interferem muito no seu repertorio musical, as vezes limitam os lugares e shows que tem que tocar, contratos e regras que as vezes não concordo.

Mais por um outro lado temos limitações de financeiras que as vezes impedem que nossas vozes vá mais longe, mais isso esta acabando, no mínimos Deus nos ensina através das formigas, trabalho em silêncio, com consistência e persistência elas chegam no objetivo!

9 – aice man: O qual é o propósito desde abençoado trabalho? E quais os resultados esperados?

Cacau RS: Como diz o meu irmão Paulo; Deus faz infinitamente mais do que aquilo que pedimos e pensamos...

Os resultados já ultrapassaram os esperados, que foi o de mexer os corações a não só corpos.

Estamos satisfeitos até agora, mais como sei que Deus fará além, to preparado pra fazer aquilo que Ele quiser que eu faça.

A chave é se preparar pra receber o que vier da vertical pra lançar na horizontal, mais estamos tranqüilos e preparados!


10 - aice man: Espaço livre para comentar algo que não foi mencionado e deixar contato CD´s e Eventos.
Cacau RS:Obrigado Aice, pela confiança de me permitir falar através do deu blog, beijo no coração irmão.

Ta tranqüilo, falei tudo que quis. Mais convido à todos a ouvir uma faixa no final do nosso novo CD “ Eu Continuo...” que creio que existe mais coisar contidas ali que resume bem o meu desabafo e propósito.

Deus abençoe!

A paz do Senhor Jesus.

http://www.rapsensation.com.br/

comente

6