A Arca de Noé foi encontrada? De acordo com cientistas Turcos e Chineses: SIM!

Fonte: Ciência da Criação
Postado por Hugo Hoffmann às 11:41

Dias atrás publicamos o artigo: Fragmento de madeira de 4.800 anos é encontrado no Monte Ararat- Seria a Arca de Noé? O objetivo deste novo artigo sobre o mesmo assunto é trazer maiores informações, vídeos e fotos sobre esta notícia que tem abalado o mundo cristão e não-cristão.



Figura 1 – Pesquisador Panda Lee, analisando uma parte da Arca no interior da geleira que cobre Monte Ararat (Fonte: Noah’s Ark).

Publicamos abaixo a reportagem traduzida do site do instituto NOAH’S ARK MINISTRIES INTERNATIONAL LIMITED, a responsável por realizar estas descobertas:

Enquanto procurava os restos da Arca de Noé no Monte Ararat, na Turquia oriental, uma equipe de exploração Chinês-Turco, escavou com sucesso e se aventurou dentro de uma grande estrutura de madeira a uma altitude de mais de 4.000m acima do nível do mar.

O Ministério da Cultura Turco anunciou a descoberta em conjunto com a equipe de exploração, em Hong Kong. Eles planejam apresentar um pedido para a estrutura de madeira ser incluído na Lista do Património Mundial da UNESCO.

Um acordo mútuo para o reforço da cooperação foi assinado e os membros da equipe de Hong Kong foram reconhecidos como cidadãos da honrosa província de Agri, Turquia. Em conferência de imprensa, em 25 de abril, o Cônsul Geral da Turquia, o Sr. Mehmet Karaca Raif, foi convidado para vir e apoiar as grandes conquistas da equipe de exploração no aspecto da busca da Arca de Noé.

INFORMAÇÕES GERAIS

Registros históricos que datam mais de 2.000 anos sustentam que a Arca de Noé veio descansar nas montanhas de Ararat, após o dilúvio. Os mesmos registros podem ser encontrados na Bíblia e no Alcorão. Na região local, um costume antigo foi transmitido através das gerações: “Há um barco antigo na montanha”.

O registro mais antigo da busca pela Arca de é por um cientista ocidental foi do naturalista alemão Dr. Friedrich Parrot, que escalou o Monte Ararat, em 1829. Embora ele não tenha conseguido encontrar provas substanciais para confirmar a existência da Arca, ele foi o precursor no campo – nos 180 anos seguintes, muitos cientistas e exploradores foram dedicados à busca de um barco antigo, que corresponde a registros históricos.

No entanto, o maior resultado da pesquisa ocidental em dois séculos, foi a recuperação de fragmentos de madeira em glaciar, a uma altitude acima de 4000m no monte Ararat. De um ponto de vista científico objetivo, a descoberta de madeira no Monte Ararat é encorajadora porque os cientistas afirmam que em altas altitudes as montanhas não apresentam de árvores e nenhum tipo de ocupação humana jamais foi encontrado acima de uma altitude de 3.000 metros. Estes fragmentos de madeira que foram descobertos no passado podem ter vindo da Arca.

A DESCOBERTA DA ESTRUTURA DE MADEIRA

Arca de Noé Ministries International realiza um grande avanço na pesquisa. A primeira equipe encontrou uma abertura sobre uma altitude acima de 4.000 m, escavado a geleira, encontrou e aventurou-se no interior da estrutura de madeira.

Man-Fai Yuen, um representante do NAMI disse na conferência de imprensa: "A equipe de pesquisa e eu, pessoalmente, entramos em uma estrutura de madeira no alto da montanha. A estrutura é dividida em diferentes espaços. Acreditamos que a estrutura de madeira que entramos é a mesma estrutura registradas em relatos históricos e o mesmo barco antigo indicados pelos moradores".

Os integrantes da equipe logo que encontraram a estrutura de madeira começaram a realizar estudos de campo, fazer medições e coletar amostras, com todo o processo filmado. Esta é a primeira equipe na história que documenta visualmente o interior da estrutura de madeira na montanha.



Materia Completa
0