Morre criador do clássico ‘Caverna Do Dragão’

Morreu no dia (4/3) terça-feira , aos 69 anos, Ernest Gary Gygax, um dos criadores do jogo de RPG Dungeons & Dragons, que deu origem à clássica série de animação



Caverna Do Dragão.

Gyvax sofria de vários problemas de saúde, incluindo um aneurisma abdominal.

O jogo de RPG Dungeons & Dragons foi criado em 1974, em parceria com Dave Arneson. Com personagens medievais e criaturas míticas, o brinquedo tornou-se mania internacional, ganhando versões em livros e desenho animado para a TV, além de inspirar centenas de produções de computador e videogames.

O desenho animado Caverna Do Dragão foi exibido originalmente entre 1983 e 1986 pelo canal norte-americano CBS.

Durante um passeio de montanha-russa em um parque de diversões, quatro garotos e duas meninas são transportados para uma terra de fantasia. Hank, Eric, Presto, Diana, Sheila e Bobby ganham roupas medievais e recebem armas mágicas de um anão que se apresenta como Mestre dos Magos. A partir daí, os jovens passam a buscar uma forma de voltar para casa. Mas têm como obstáculo o Vingador, um mago maléfico.



Após 27 episódios, Caverna Do Dragão foi cancelado sem um episódio final. O encerramento da trama que circulou pela internet em meados dos anos 90 é falso.

Segundo o boato, o último episódio de Caverna Do Dragão mostrava que, na verdade, os personagens do desenho já estariam mortos desde o primeiro episódio, devido a um acidente no carrinho de montanha russa no qual embarcaram. Eles teriam sido mandados ao Inferno, sendo o Mestre dos Magos e o Vingador as duas faces de um mesmo ser demoníaco, capaz de oferecer esperança e temor em um processo de crescente agonia psicológica.

“Isto é totalmente falso! Apesar de vários possíveis finais terem sido discutidos, nenhum último episódio foi produzido de fato”, garantiu o roteirista Mark Evanier na época que a história circulou com força na internet. Michael Reaves, roteirista de sete episódios, também se pronunciou. “Caverna Do Dragão foi um desenho altamente sombrio para a sua época. Nós o levamos o mais distante que era possível para um programa infantil. Os garotos não ficaram presos no Inferno, nem o Mestre dos Magos é o demônio ou coisa parecida. Essa história toda é absurda.”
4