Estou Lendo

Neste que é um de seus melhores romances, o australiano Morris West foi profético. Antecipou em duas décadas a eleição de um papa da Europa Oriental. Em As sandálias do pescador, escrito em 1963, West, que foi seminarista e por muitos anos correspondente no Vaticano, mergulha nos bastidores da capital do catolicismo para contar a história de Kiril Lakotam um arcebispo ucraniano que lutou contra a ocupação nazista e sofreu os horrores do stalinismo antes de ser eleito papa. Conhecendo bem a realidade sobre a qual escreve, West desvenda as intrincadas manobras políticas para a escolha do sumo pontífice e faz reflexões profundas sobre o catolicismo em um romance marcante. Um clássico da literatura do século XX.
0